VEM AÍ AS USINAS FLEX

VEM AÍ AS USINAS FLEX

Produzindo tanto etanol de cana-de-açúcar, quanto de milho, trabalhando os 340 dias por ano, ao invés de apenas 190 dias e ainda operando sem entressafras. A possibilidade de trabalhar com os dois tipos de matéria-prima é viável para todos os tamanhos de planta de Usina Flex.                                                                                                                                  

O resultado do estudo feito por 14 economistas e pesquisadores do BNDES, USP, Esalq, Pecege, Embrapa e CTBE, sobre a integração entre a cana e o milho, resulta em um dos trabalhos mais completos sobre esse tema.  Assim, as Usinas vem buscando mais essa alternativa para o enfrentamento da crise, ao mitigarem os custos de produção.  O tema, vem sendo debatido e também foi pauta no 7º Encontro Sucroenergético Estadual, em Cuiabá – MT, realizado em 8 e 9 de março/2018. A Implantação de uma planta Flex deve ser definida com toda a segurança dos estudos de viabilidade técnica e financeira, mas a tendência será ser Flex.                                                           

Na entressafra, com a disponibilidade de equipamentos e trabalhadores, a operação pode ser feita até simultaneamente. “ É possível para todos. Claro que indústrias mais modernas e equipadas terão que fazer menos investimentos, terão mais ganhos e retorno de capital maior. Mas o etanol do milho já não é mais uma tendência, é uma realidade”, afirma o gerente de área da Barralcool, José Raimundo Costa Neto.” durante o evento.  A TSG TECNAL, vem desenvolvendo soluções com tecnologia desde 1.981, revolucionando o setor de agronegócios no Brasil com soluções inovadoras. Desenvolve projetos de plantas industriais, fabrica e instala equipamentos, que são reconhecidos pelo Mercado através da qualidade, longa durabilidade e eficiência, proporcionando uma manutenção de baixíssimo custo e ótimos resultados para seus clientes.